Historia Politica E Social Contemporânea at Instituto Politécnico De Leiria | Flashcards & Summaries

Select your language

Suggested languages for you:
Log In Start studying!

Lernmaterialien für Historia Politica e Social Contemporânea an der Instituto Politécnico de Leiria

Greife auf kostenlose Karteikarten, Zusammenfassungen, Übungsaufgaben und Altklausuren für deinen Historia Politica e Social Contemporânea Kurs an der Instituto Politécnico de Leiria zu.

TESTE DEIN WISSEN

Guerra Fria - Inicio Do Afastamento

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

6 razões que alteraram a política americana: 


• Polónia e Europa de Leste 

• 1945 – Interrupção do programa lend-lease 

• Alemanha – reparações e construção 

• Ásia Oriental – questão do Japão 

• Bomba Atómica – partilha e controlo (ONU) 

• Países do Mediterrâneo Oriental e Médio Oriente 


Foi o programa através do qual os Estados Unidos da América forneceram, por empréstimo, ao Reino Unido, a União Soviética, China, França Livre e outras nações aliadas, armas e outros suprimentos, entre 1941 e 1945. 


Assim, na Europa (e no mundo) do Pós II Guerra Mundial começa a haver uma bipolarização (NATO / PACTO DE VARSÓVIA) 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Grande Depressão - Flagelo do Dsemprego

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

O resultado óbvio foi o desemprego (generalizado) ou a redução salarial. O ciclo vicioso se completou quando, devido à falta de renda, o consumo caiu ainda mais, forçando uma diminuição nos preços. 


Muitos bancos que emprestaram dinheiro faliram por não serem pagos, diminuindo assim a oferta de crédito. Com isso, muitos empresários fecharam as portas agravando ainda mais o desemprego. 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

I Republica

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

1 de setembro de 1939: Portugal declara a sua posição de neutralidade face ao conflito 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

I Guerra Mundial - Dominio das Potencias Europeias

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

As potências europeias dominam grande parte do mundo: 


• No campo político – através de estabelecimentos coloniais e de protetorados; 

• No campo económico – com a importação de matérias primas e produtos tropicais das regiões dominadas, para onde exportam o produto das suas indústrias. 


Esse domínio também se faz sentir culturalmente: 


• As metrópoles impõem a sua língua, religião e modelos culturais; 

• As colónias fornecem recursos humanos que, em caso de guerra, irão engrossar os exércitos nacionais. 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

I Guerra Mundial - Rivalidades

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

As rivalidades acentuam-se: 


• Alemanha e Grã-Bretanha – Hegemonia industrial 

• Alemanha, Grã-Bretanha, França e Itália – expansionismo colonial 

• A França ocupa a África Ocidental e Equatorial e entra em conflito com a Grã-Bretanha pela posse do vale do Nilo. 

• A Grã-Bretanha consegue dominar todo o leste africano e ligar a cidade do Cairo à cidade do Cabo. 

• A Alemanha anexa a atual Polónia e a atual Dinamarca e a Alsácia-Lorena (região da França). 

• A Rússia, que necessitava de uma saída para o Mediterrâneo na Península Balcânica, dominou o estreito do Bósforo e o de Dardanelos, que dão entrada no Mar Negro. 

• A Rússia não perdia oportunidade de proteger os eslavos oprimidos pelo Império Austro-Húngaro. 


As rivalidades dos Estado europeus conduzem à formação de dois blocos, reunindo vários países em torno das duas principais potências: Grã-Bretanha e Império Alemão:


 • Alemanha – Império Austro-Húngaro e Itália (Tríplice Aliança).

• Grã-Bretanha – França e Rússia (Tríplice Entendimento). 


O papel da Itália é um pouco dúbio, uma vez que mantem uma guerra aduaneira com a França, mas, ao mesmo tempo, reivindica alguns territórios ocupados pelo Império Austro-Húngaro (Tirol).


Está criado um clima de afrontamento que provoca uma corrida constante aos armamentos. Várias indústrias são convertidas em fábricas de material de guerra e estaleiros de construção naval, enquanto se prolonga o tempo de serviço militar. A Europa vive um período de «paz armada», apesar da aparente prosperidade e do otimismo da “Belle Époque”.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

I Guerra Mundial - Surgimento de duas Potencias

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Estados Unidos da América 


• Mantêm isolamento face aos problemas europeus, não intervindo nas suas decisões, mas reivindicam como esfera de ação todo o continente americano. 

• Conquistam as Ilhas do Havai e as Filipinas e controlam Cuba e Porto Rico. 


Japão 


• Obtém a Coreia e a Formosa (cedidas pelas China) e parte da Manchúria (que conquista à Rússia). 

• Os seus produtos industriais espalham-se por todo o Extremo Oriente. 


A guerra era muito ansiada pela Alemanha, mas, de facto, todos consideravam inevitável. 


• A Alemanha apoia o Império Austro-Húngaro. 

• A Rússia é aliada da Sérvia. 

• A Rússia declara guerra à Alemanha. 

• A França alia-se à Rússia. 

• A Alemanha invade a Bélgica. 

• A Grã-Bretanha declara guerra à Alemanha.  


De um conflito local rapidamente se passa a um conflito à escala europeia, pelas alianças feitas e, consequentemente à escala mundial, pois as metrópoles em conflito arrastam o conflito para as colónias. 


Outros países para defesa dos seus territórios ou para obter lucros em caso de vitória entram também no conflito. 


• Portugal, o Japão e a China seguem a Tríplice Entendimento, bem como a Itália, que muda de bloco (1915). 

• Turquia, Bulgária e, por arrasto, outros países balcânicos seguem a Tríplice Aliança. 


Em 1917 a guerra toma outro rumo, pois a Rússia assina um acordo de paz com a Alemanha – Brest-Litowski. 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

I Guerra Mundial - Clima de "Paz Armada"

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

A tensão gerada pelas rivalidades económicas levou os Estados europeus a procurarem aliados: 


• 1879 – Dupla aliança (Alemanha e Áustria-Hungria); 

• 1882 – Tríplice Aliança (Alemanha, Áustria-Hungria e Itália); 

• 1907 – Tríplice Entente (França, Rússia e Grã-Bretanha) 


Em 1914, quando o herdeiro ao trono austro-húngaro foi assassinado por um estudante sérvio, foi declarada Guerra. Era o fim da paz armada e o início da Primeira Guerra Mundial. 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Grande Depressão

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Após um período de prosperidade transitória dos anos 20, que ficou conhecida como a “era da prosperidade”, marcado por um grande otimismo (“os loucos anos 20”) surgiu uma terrível crise económica no ano 1929 que, tendo origem nos EUA, veio abalar todo o sistema capitalista. À exceção da Rússia, onde não vigorava o capitalismo, todos os países acabaram por sofrer os efeitos da “Grande Depressão”. Os seus efeitos sentiram-se durante mais de uma década, chegando até às vésperas da 2ª Guerra Mundial e tiveram terríveis consequências para as democracias europeias 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

I Guerra Mundial - Sociedade das Nações

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Sociedade das Nações foi criada com o objetivo de desenvolver a cooperação entre as nações, garantindo assim a paz e a segurança, a independência territorial e a proteção das minorias nacionais. Neste contexto, os países fundadores comprometeram-se a manter relações francas e abertas e criaram o Tribunal Permanente de Justiça Internacional para resolver as discordâncias entre os estados. Era ainda previsto o desarmamento dos estados e seriam definidas sanções para os países que não respeitassem os acordos. Com os objetivos que a constituíam, a sociedade das nações foi um instrumento de esperança para que a primeira guerra mundial não se repetisse. Contudo, a SDN não foi eficaz, uma vez que a nova ordem internacional estabelecida era ameaçada pelos próprios países da SDN, que não tinha capacidade para manter a ordem entre os Estados. Assim, a paz entre os países não foi totalmente estabelecida, pois os países vencidos sentiram-se humilhados e os acordos elaborados pelos países vencedores foram-lhes simplesmente impostos sem qualquer oportunidade de reformulação. Para além disso, alguns países ficaram descontentes com a distribuição do dinheiro relativo às reparações da guerra, começaram a surgir novamente rivalidades hegemónicas entre os países vencedores, nomeadamente entre Inglaterra e França, e, por fim, os EUA decidiram não se integrar na Sociedade das Nações. 


O Tratado de Versalhes (1919) foi um tratado de paz assinado pelas potências europeias que encerrou oficialmente a Primeira Guerra Mundial. 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Grande Depressão - Enconomia Nas Vesperas da Crise

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Em 1928, os norte-americanos acreditavam que o seu país atravessava uma fase de prosperidade infindável. No entanto, essa era, revelar-se-ia precária. Havia indústrias, como a extração do carvão, construção ferroviária, os têxteis tradicionais e os estaleiros navais que ainda não tinham recuperado da crise 1920-21. A intensiva mecanização também fazia com que houvesse maior desemprego, assim como a agricultura não se mostrava compensadora para os que a ela se dedicava, sendo que as produções excedentárias originavam preços baixos e queda de lucros. Existia também uma facilitação de crédito, por parte dos bancos que, mantinham o poder de compra americano artificialmente. Grande parte dos automóveis, eletrodomésticos e imóveis tiveram sido pagos em prestações com base no crédito. Também a crédito se adquiriam as ações que os americanos detinham nas empresas. Acreditando na solidez da economia, na ambição da riqueza fácil e de promoção muitos investiam na bolsa, onde a especulação aumentava. 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Grande Depressão - Fatores que coduziram à Crise

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

• Rapidez do alastrar da crise 

• Retirada dos capitais americanos investidos na Europa (levando à falência de bancos, e de empresas). 

• Contração do comércio mundial- a crise levou a que os países reduzissem as suas compras ao estrangeiro, muitos países não conseguiram escoar a sua produção (quer industrial quer de matérias primas). 

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

I Guerra Mundial - Conflito EUA

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

É a vez dos EUA entrarem no conflito, ao lado da Tríplice Entendimento: 


• Questões económicas e financeiras; 

• Ataque alemão a barcos americanos com aprovisionamento para os Aliados. 


Consequências: 


• Desaparecem os quatro grandes impérios: Otomano, Russo, Austro-Húngaro e Alemão.

• Criam-se vários Estados, resultantes deste desmembramento. 

• Triunfo das nacionalidades e das democracias – formação de repúblicas (Turquia, Alemanha, etc.). 

• Dívidas de guerra e destruição.

• Cria-se a Sociedade das Nações. 

Lösung ausblenden
  • 3212 Karteikarten
  • 564 Studierende
  • 0 Lernmaterialien

Beispielhafte Karteikarten für deinen Historia Politica e Social Contemporânea Kurs an der Instituto Politécnico de Leiria - von Kommilitonen auf StudySmarter erstellt!

Q:

Guerra Fria - Inicio Do Afastamento

A:

6 razões que alteraram a política americana: 


• Polónia e Europa de Leste 

• 1945 – Interrupção do programa lend-lease 

• Alemanha – reparações e construção 

• Ásia Oriental – questão do Japão 

• Bomba Atómica – partilha e controlo (ONU) 

• Países do Mediterrâneo Oriental e Médio Oriente 


Foi o programa através do qual os Estados Unidos da América forneceram, por empréstimo, ao Reino Unido, a União Soviética, China, França Livre e outras nações aliadas, armas e outros suprimentos, entre 1941 e 1945. 


Assim, na Europa (e no mundo) do Pós II Guerra Mundial começa a haver uma bipolarização (NATO / PACTO DE VARSÓVIA) 

Q:

Grande Depressão - Flagelo do Dsemprego

A:

O resultado óbvio foi o desemprego (generalizado) ou a redução salarial. O ciclo vicioso se completou quando, devido à falta de renda, o consumo caiu ainda mais, forçando uma diminuição nos preços. 


Muitos bancos que emprestaram dinheiro faliram por não serem pagos, diminuindo assim a oferta de crédito. Com isso, muitos empresários fecharam as portas agravando ainda mais o desemprego. 

Q:

I Republica

A:

1 de setembro de 1939: Portugal declara a sua posição de neutralidade face ao conflito 

Q:

I Guerra Mundial - Dominio das Potencias Europeias

A:

As potências europeias dominam grande parte do mundo: 


• No campo político – através de estabelecimentos coloniais e de protetorados; 

• No campo económico – com a importação de matérias primas e produtos tropicais das regiões dominadas, para onde exportam o produto das suas indústrias. 


Esse domínio também se faz sentir culturalmente: 


• As metrópoles impõem a sua língua, religião e modelos culturais; 

• As colónias fornecem recursos humanos que, em caso de guerra, irão engrossar os exércitos nacionais. 

Q:

I Guerra Mundial - Rivalidades

A:

As rivalidades acentuam-se: 


• Alemanha e Grã-Bretanha – Hegemonia industrial 

• Alemanha, Grã-Bretanha, França e Itália – expansionismo colonial 

• A França ocupa a África Ocidental e Equatorial e entra em conflito com a Grã-Bretanha pela posse do vale do Nilo. 

• A Grã-Bretanha consegue dominar todo o leste africano e ligar a cidade do Cairo à cidade do Cabo. 

• A Alemanha anexa a atual Polónia e a atual Dinamarca e a Alsácia-Lorena (região da França). 

• A Rússia, que necessitava de uma saída para o Mediterrâneo na Península Balcânica, dominou o estreito do Bósforo e o de Dardanelos, que dão entrada no Mar Negro. 

• A Rússia não perdia oportunidade de proteger os eslavos oprimidos pelo Império Austro-Húngaro. 


As rivalidades dos Estado europeus conduzem à formação de dois blocos, reunindo vários países em torno das duas principais potências: Grã-Bretanha e Império Alemão:


 • Alemanha – Império Austro-Húngaro e Itália (Tríplice Aliança).

• Grã-Bretanha – França e Rússia (Tríplice Entendimento). 


O papel da Itália é um pouco dúbio, uma vez que mantem uma guerra aduaneira com a França, mas, ao mesmo tempo, reivindica alguns territórios ocupados pelo Império Austro-Húngaro (Tirol).


Está criado um clima de afrontamento que provoca uma corrida constante aos armamentos. Várias indústrias são convertidas em fábricas de material de guerra e estaleiros de construção naval, enquanto se prolonga o tempo de serviço militar. A Europa vive um período de «paz armada», apesar da aparente prosperidade e do otimismo da “Belle Époque”.

Mehr Karteikarten anzeigen
Q:

I Guerra Mundial - Surgimento de duas Potencias

A:

Estados Unidos da América 


• Mantêm isolamento face aos problemas europeus, não intervindo nas suas decisões, mas reivindicam como esfera de ação todo o continente americano. 

• Conquistam as Ilhas do Havai e as Filipinas e controlam Cuba e Porto Rico. 


Japão 


• Obtém a Coreia e a Formosa (cedidas pelas China) e parte da Manchúria (que conquista à Rússia). 

• Os seus produtos industriais espalham-se por todo o Extremo Oriente. 


A guerra era muito ansiada pela Alemanha, mas, de facto, todos consideravam inevitável. 


• A Alemanha apoia o Império Austro-Húngaro. 

• A Rússia é aliada da Sérvia. 

• A Rússia declara guerra à Alemanha. 

• A França alia-se à Rússia. 

• A Alemanha invade a Bélgica. 

• A Grã-Bretanha declara guerra à Alemanha.  


De um conflito local rapidamente se passa a um conflito à escala europeia, pelas alianças feitas e, consequentemente à escala mundial, pois as metrópoles em conflito arrastam o conflito para as colónias. 


Outros países para defesa dos seus territórios ou para obter lucros em caso de vitória entram também no conflito. 


• Portugal, o Japão e a China seguem a Tríplice Entendimento, bem como a Itália, que muda de bloco (1915). 

• Turquia, Bulgária e, por arrasto, outros países balcânicos seguem a Tríplice Aliança. 


Em 1917 a guerra toma outro rumo, pois a Rússia assina um acordo de paz com a Alemanha – Brest-Litowski. 

Q:

I Guerra Mundial - Clima de "Paz Armada"

A:

A tensão gerada pelas rivalidades económicas levou os Estados europeus a procurarem aliados: 


• 1879 – Dupla aliança (Alemanha e Áustria-Hungria); 

• 1882 – Tríplice Aliança (Alemanha, Áustria-Hungria e Itália); 

• 1907 – Tríplice Entente (França, Rússia e Grã-Bretanha) 


Em 1914, quando o herdeiro ao trono austro-húngaro foi assassinado por um estudante sérvio, foi declarada Guerra. Era o fim da paz armada e o início da Primeira Guerra Mundial. 

Q:

Grande Depressão

A:

Após um período de prosperidade transitória dos anos 20, que ficou conhecida como a “era da prosperidade”, marcado por um grande otimismo (“os loucos anos 20”) surgiu uma terrível crise económica no ano 1929 que, tendo origem nos EUA, veio abalar todo o sistema capitalista. À exceção da Rússia, onde não vigorava o capitalismo, todos os países acabaram por sofrer os efeitos da “Grande Depressão”. Os seus efeitos sentiram-se durante mais de uma década, chegando até às vésperas da 2ª Guerra Mundial e tiveram terríveis consequências para as democracias europeias 

Q:

I Guerra Mundial - Sociedade das Nações

A:

Sociedade das Nações foi criada com o objetivo de desenvolver a cooperação entre as nações, garantindo assim a paz e a segurança, a independência territorial e a proteção das minorias nacionais. Neste contexto, os países fundadores comprometeram-se a manter relações francas e abertas e criaram o Tribunal Permanente de Justiça Internacional para resolver as discordâncias entre os estados. Era ainda previsto o desarmamento dos estados e seriam definidas sanções para os países que não respeitassem os acordos. Com os objetivos que a constituíam, a sociedade das nações foi um instrumento de esperança para que a primeira guerra mundial não se repetisse. Contudo, a SDN não foi eficaz, uma vez que a nova ordem internacional estabelecida era ameaçada pelos próprios países da SDN, que não tinha capacidade para manter a ordem entre os Estados. Assim, a paz entre os países não foi totalmente estabelecida, pois os países vencidos sentiram-se humilhados e os acordos elaborados pelos países vencedores foram-lhes simplesmente impostos sem qualquer oportunidade de reformulação. Para além disso, alguns países ficaram descontentes com a distribuição do dinheiro relativo às reparações da guerra, começaram a surgir novamente rivalidades hegemónicas entre os países vencedores, nomeadamente entre Inglaterra e França, e, por fim, os EUA decidiram não se integrar na Sociedade das Nações. 


O Tratado de Versalhes (1919) foi um tratado de paz assinado pelas potências europeias que encerrou oficialmente a Primeira Guerra Mundial. 

Q:

Grande Depressão - Enconomia Nas Vesperas da Crise

A:

Em 1928, os norte-americanos acreditavam que o seu país atravessava uma fase de prosperidade infindável. No entanto, essa era, revelar-se-ia precária. Havia indústrias, como a extração do carvão, construção ferroviária, os têxteis tradicionais e os estaleiros navais que ainda não tinham recuperado da crise 1920-21. A intensiva mecanização também fazia com que houvesse maior desemprego, assim como a agricultura não se mostrava compensadora para os que a ela se dedicava, sendo que as produções excedentárias originavam preços baixos e queda de lucros. Existia também uma facilitação de crédito, por parte dos bancos que, mantinham o poder de compra americano artificialmente. Grande parte dos automóveis, eletrodomésticos e imóveis tiveram sido pagos em prestações com base no crédito. Também a crédito se adquiriam as ações que os americanos detinham nas empresas. Acreditando na solidez da economia, na ambição da riqueza fácil e de promoção muitos investiam na bolsa, onde a especulação aumentava. 

Q:

Grande Depressão - Fatores que coduziram à Crise

A:

• Rapidez do alastrar da crise 

• Retirada dos capitais americanos investidos na Europa (levando à falência de bancos, e de empresas). 

• Contração do comércio mundial- a crise levou a que os países reduzissem as suas compras ao estrangeiro, muitos países não conseguiram escoar a sua produção (quer industrial quer de matérias primas). 

Q:

I Guerra Mundial - Conflito EUA

A:

É a vez dos EUA entrarem no conflito, ao lado da Tríplice Entendimento: 


• Questões económicas e financeiras; 

• Ataque alemão a barcos americanos com aprovisionamento para os Aliados. 


Consequências: 


• Desaparecem os quatro grandes impérios: Otomano, Russo, Austro-Húngaro e Alemão.

• Criam-se vários Estados, resultantes deste desmembramento. 

• Triunfo das nacionalidades e das democracias – formação de repúblicas (Turquia, Alemanha, etc.). 

• Dívidas de guerra e destruição.

• Cria-se a Sociedade das Nações. 

Historia Politica e Social Contemporânea

Erstelle und finde Lernmaterialien auf StudySmarter.

Greife kostenlos auf tausende geteilte Karteikarten, Zusammenfassungen, Altklausuren und mehr zu.

Jetzt loslegen

Das sind die beliebtesten Historia Politica e Social Contemporânea Kurse im gesamten StudySmarter Universum

historia política y social contemporanea: 1er parcial

Universitat de Barcelona

Zum Kurs
Historia Universal Contemporánea_C2

Universidad Autónoma de San Luis Potosí

Zum Kurs
Storia Sociale e Culturale della eta contemporanea

University of Bologna

Zum Kurs
Examen Historia Contemporánea

Universidad Mayor

Zum Kurs
historia teoria politica

Universidad Autónoma de Madrid

Zum Kurs

Die all-in-one Lernapp für Studierende

Greife auf Millionen geteilter Lernmaterialien der StudySmarter Community zu
Kostenlos anmelden Historia Politica e Social Contemporânea
Erstelle Karteikarten und Zusammenfassungen mit den StudySmarter Tools
Kostenlos loslegen Historia Politica e Social Contemporânea