IESC VI at Centro Universitário Barao De Maua | Flashcards & Summaries

Select your language

Suggested languages for you:
Log In Start studying!

Lernmaterialien für IESC VI an der Centro Universitário Barao de Maua

Greife auf kostenlose Karteikarten, Zusammenfassungen, Übungsaufgaben und Altklausuren für deinen IESC VI Kurs an der Centro Universitário Barao de Maua zu.

TESTE DEIN WISSEN

Calendário Vacinal: Idosos

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN
  • Dupla bacteriana ou tríplice bacteriana: 3 doses - intervalo preconizado de 0-2-4 meses, podendo ser uma dTpa - Reforço a cada 10 anos.
  • Hepatite B: 3 doses com intervalos preconizados de 0-1-6 meses.
  • Febre Amarela: dose única - estudos demonstram que não é necessário o reforço em 10 anos.
  • Influenza/gripe: uma dose anual.
  • Triviral/tríplice viral.

    Devido a recirculação do vírus do Sarampo entre 2018-19, aos idosos são oferecidas uma dose da SCR/TV que antes era apenas para situações de bloqueio/epidemias nesse público.
Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

O rastreamento da obesidade tem recomendação quanto à periodicidade. V ou F?

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Falso. Não há recomendação sobre a periodicidade do rastreio de obesidade.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Quando foi criado o Programa Nacional de Imunização?

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Foi criado em 18 de setembro de 1973, e propõe vacinação para todos, de maneira universal.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Calendário Vacinal: Gestantes


Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN
  • Dupla bacteriana ou tríplice bacteriana: 3 doses - intervalo preconizado de 0-2-4 meses, devendo uma dose a cada gestação a partir da 20ª semana com a dTpa - Reforço a cada 10 anos.

    Gestantes que perderam a oportunidade de serem vacinadas durante o período gestacional: administrar uma dose de dTpa no puerpério, o mais precocemente possível.
  • Hepatite B: 3 doses com intervalo preconizado de 0-1-6 meses.
  • Influenza/gripe: uma dose anual nas campanhas.
Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

O que fala a lei Nº 6.259 de 30 de Outubro de 1975?

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Dispõe sobre a organização das ações de vigilância Epidemiológica, sobre o Programa Nacional de Imunizações, estabelece normas relativas à notificação compulsória de doenças e dá outras providências.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Durante a fase de Avaliação, caso não haja elementos para elaborar um diagnóstico preciso durante a consulta, como proceder?

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Nessas situações, podem ser reproduzidos novamente os sinais/sintomas mais pertinentes para a sua linha de raciocínio. 


  • Exemplo: Cefaleia hemicraniana pulsátil há 24 horas, febre isolada há três dias, etc.


Observação: o médico deve optar por não registrar hipóteses diagnósticas neste item do S.O.A.P.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Pacientes com problemas com álcool, adultos jovens e grupos de alto risco (por exemplo, tabagistas) podem ser beneficiados com o rastreio mais frequente do alcoolismo. V ou F?

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

Verdadeiro.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

O que é o e-SUS - AB?

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

É uma estratégia do Departamento de Atenção Básica (DAB) para reestruturar as informações da Atenção Básica (AB) em nível nacional.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Método SOAP: O que significa o P?


Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

P: Plano. É a proposta terapêutica elaborada pelo médico: medicações prescritas, solicitações complementares, orientações realizadas, encaminhamentos e pendência para o próximo atendimento, ou seja, um plano de ação para o seu paciente.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Método SOAP: O que significa o O?


Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN

O: Objetivo. Informações aferidas do ponto de vista médico ficam neste espaço. Dados do exame físico e/ou resultados dos exames complementares.

Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Critérios para um programa de rastreamento:

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN
  1. A doença deve representar um importante problema de saúde pública, que seja relevante para a população - levando em consideração a magnitude, transcendência e vulnerabilidade;
  2. A história natural da doença ou do problema clínico deve ser bem conhecida;
  3. Deve existir estágio pré-clínico (assintomático) bem definido, durante o qual a doença possa ser diagnosticada;
  4. O benefício de detecção e do tratamento precoce com o rastreamento deve ser maior do que se a condição fosse tratada no momento habitual de diagnóstico;
  5. Os exames que detectam a condição clínica no estágio assintomático devem estar disponíveis, aceitáveis e confiáveis;
  6. O custo do rastreamento e tratamento de uma condição clínica deve ser razoável e compatível com o orçamento destinado ao sistema de saúde como um todo;
  7. O rastreamento deve ser um processo contínuo e sistemático.


Lösung ausblenden
TESTE DEIN WISSEN

Métodos e exames utilizados para rastreamento:

Lösung anzeigen
TESTE DEIN WISSEN
  • Questionários
  • Aparelhos portáteis p/ medir marcadores sanguíneos - glicose, colesterol, exames de laboratório, etc.
Lösung ausblenden
  • 6945 Karteikarten
  • 726 Studierende
  • 0 Lernmaterialien

Beispielhafte Karteikarten für deinen IESC VI Kurs an der Centro Universitário Barao de Maua - von Kommilitonen auf StudySmarter erstellt!

Q:

Calendário Vacinal: Idosos

A:
  • Dupla bacteriana ou tríplice bacteriana: 3 doses - intervalo preconizado de 0-2-4 meses, podendo ser uma dTpa - Reforço a cada 10 anos.
  • Hepatite B: 3 doses com intervalos preconizados de 0-1-6 meses.
  • Febre Amarela: dose única - estudos demonstram que não é necessário o reforço em 10 anos.
  • Influenza/gripe: uma dose anual.
  • Triviral/tríplice viral.

    Devido a recirculação do vírus do Sarampo entre 2018-19, aos idosos são oferecidas uma dose da SCR/TV que antes era apenas para situações de bloqueio/epidemias nesse público.
Q:

O rastreamento da obesidade tem recomendação quanto à periodicidade. V ou F?

A:

Falso. Não há recomendação sobre a periodicidade do rastreio de obesidade.

Q:

Quando foi criado o Programa Nacional de Imunização?

A:

Foi criado em 18 de setembro de 1973, e propõe vacinação para todos, de maneira universal.

Q:

Calendário Vacinal: Gestantes


A:
  • Dupla bacteriana ou tríplice bacteriana: 3 doses - intervalo preconizado de 0-2-4 meses, devendo uma dose a cada gestação a partir da 20ª semana com a dTpa - Reforço a cada 10 anos.

    Gestantes que perderam a oportunidade de serem vacinadas durante o período gestacional: administrar uma dose de dTpa no puerpério, o mais precocemente possível.
  • Hepatite B: 3 doses com intervalo preconizado de 0-1-6 meses.
  • Influenza/gripe: uma dose anual nas campanhas.
Q:

O que fala a lei Nº 6.259 de 30 de Outubro de 1975?

A:

Dispõe sobre a organização das ações de vigilância Epidemiológica, sobre o Programa Nacional de Imunizações, estabelece normas relativas à notificação compulsória de doenças e dá outras providências.

Mehr Karteikarten anzeigen
Q:

Durante a fase de Avaliação, caso não haja elementos para elaborar um diagnóstico preciso durante a consulta, como proceder?

A:

Nessas situações, podem ser reproduzidos novamente os sinais/sintomas mais pertinentes para a sua linha de raciocínio. 


  • Exemplo: Cefaleia hemicraniana pulsátil há 24 horas, febre isolada há três dias, etc.


Observação: o médico deve optar por não registrar hipóteses diagnósticas neste item do S.O.A.P.

Q:

Pacientes com problemas com álcool, adultos jovens e grupos de alto risco (por exemplo, tabagistas) podem ser beneficiados com o rastreio mais frequente do alcoolismo. V ou F?

A:

Verdadeiro.

Q:

O que é o e-SUS - AB?

A:

É uma estratégia do Departamento de Atenção Básica (DAB) para reestruturar as informações da Atenção Básica (AB) em nível nacional.

Q:

Método SOAP: O que significa o P?


A:

P: Plano. É a proposta terapêutica elaborada pelo médico: medicações prescritas, solicitações complementares, orientações realizadas, encaminhamentos e pendência para o próximo atendimento, ou seja, um plano de ação para o seu paciente.

Q:

Método SOAP: O que significa o O?


A:

O: Objetivo. Informações aferidas do ponto de vista médico ficam neste espaço. Dados do exame físico e/ou resultados dos exames complementares.

Q:

Critérios para um programa de rastreamento:

A:
  1. A doença deve representar um importante problema de saúde pública, que seja relevante para a população - levando em consideração a magnitude, transcendência e vulnerabilidade;
  2. A história natural da doença ou do problema clínico deve ser bem conhecida;
  3. Deve existir estágio pré-clínico (assintomático) bem definido, durante o qual a doença possa ser diagnosticada;
  4. O benefício de detecção e do tratamento precoce com o rastreamento deve ser maior do que se a condição fosse tratada no momento habitual de diagnóstico;
  5. Os exames que detectam a condição clínica no estágio assintomático devem estar disponíveis, aceitáveis e confiáveis;
  6. O custo do rastreamento e tratamento de uma condição clínica deve ser razoável e compatível com o orçamento destinado ao sistema de saúde como um todo;
  7. O rastreamento deve ser um processo contínuo e sistemático.


Q:

Métodos e exames utilizados para rastreamento:

A:
  • Questionários
  • Aparelhos portáteis p/ medir marcadores sanguíneos - glicose, colesterol, exames de laboratório, etc.
IESC VI

Erstelle und finde Lernmaterialien auf StudySmarter.

Greife kostenlos auf tausende geteilte Karteikarten, Zusammenfassungen, Altklausuren und mehr zu.

Jetzt loslegen

Das sind die beliebtesten IESC VI Kurse im gesamten StudySmarter Universum

IE

Universidade Catolica Portuguesa

Zum Kurs
IE

Université de Perpignan

Zum Kurs
vital II

Universidad Nacional de Tucumán

Zum Kurs
VITAL I

Universidad Nacional de Tucumán

Zum Kurs

Die all-in-one Lernapp für Studierende

Greife auf Millionen geteilter Lernmaterialien der StudySmarter Community zu
Kostenlos anmelden IESC VI
Erstelle Karteikarten und Zusammenfassungen mit den StudySmarter Tools
Kostenlos loslegen IESC VI